quarta-feira, 22 de junho de 2011

Gastronomia de Boteco (boteco mesmo)


Acabo de voltar de Nova York, nos Estados Unidos. Lá vi tudo o que qualquer ser humano pode imaginar, em um mesmo quarteirão, encontramos culinária de todos os países nos mais variados tipos de estabelecimentos. Mas o que não encontrei de maneira nenhuma, e me fez quase chorar de saudade (principalmente pela falta de cachaça), foi um autêntico boteco brasileiro. Mas boteco mesmo!

Salaminho e ovo de codorna!
Por que “boteco mesmo”? Porque é impressionante, mas parece que hoje em dia existem versões gourmets até mesmo de botecos. Botecos que se intitulam chique. Essa onda gourmet, especial, pegou mesmo no Brasil, e todo mundo tira proveito a torto e a direito disso. Por isso eu respeito muito e ainda freqüento com orgulho aqueles velhos botecos que não mudam sua gastronomia: Cerveja no copo americano, cachaça acompanha,e pra petiscar, aquilo que estiver mais fácil para se fazer na hora. Quando temos algum bolinho ou porçãozinha pra fritar, será, se não tiver, ficamos contentes com algum embutido “bem temperado” com limão mesmo, ou um amendoim torradinho daqueles de saquinho. E claro o que não pode faltar na mesa: Excelentes companhias e muita, mas muita cultura nas conversas.
Em idas a lugares como esses, eu percebo que não é preciso muito para ser feliz e dar boas risadas. Isso é uma lição importantíssima que nunca me deixa tirar o pé do chão. Claro que eu amo algo mais requintado também, vide muitos lugares que já visitei e descrevo com freqüência aqui, porém nem sempre saio desses lugares sorrindo. Já em um boteco, essa é a única certeza que terei.

Salsicha à vinagrete!
Esta última sexta-feira recebi uma ligação apelativa do meu pai, me acordou no meio do sono, eu não estava nem um pouco disposto a sair. Mas ele me implorou que eu fosse pegar ele para tomarmos uma em qualquer lugar, pois ele estava estressado de tanto trabalho. Não pude negar, saímos sem rumo e acabamos parando primeiro em um dos botecos que somos fiéis em Santo André, o Dougla´s Bar.
Infelizmente chegamos tarde e a “cozinha” do Douglas havia encerrado seus trabalhos. Este boteco faz um trabalho legal e até já foi reconhecido pela Revista Veja. É famoso por seus bolinhos, tem de vários sabores e por sua extensa carta de cachaças. Tomamos apenas uma boa e velha Claudionor, apenas para abrir a noite, pagamos e fomos rumo ao nosso amigo Liminha.

Decoração de um boteco.
O Bar do Liminha se tornou famoso para nós por ser o lugar que acolheu o grupo de samba do meu finado Avô. Todo sábado a tarde então, temos lá uma verdadeira aula de samba com o grupo Tom Melhor. Minha mãe é cantora e também faz seu show aos sábados. O Liminha é tão gente fina, que ele só começou a vender Heineken lá para atender ao meu pai e ao meu tio. Eu só tenho a agradecer. Ontem além do bom papo que ele sempre nos oferece, com a cozinha praticamente fechada também, o Lima se prontificou a fatiar um salaminho e a cozinhar alguns ovos de codorna, demonstrando excelente cortesia e vontade de nos receber. Aliado a Heineken e Seleta no capricho, não tem como dar errado.
Não deixem a cultura do boteco morrer!
Hoje eu tiro meu Chapéu para esses bravos guerreiros que ainda oferecem esse serviço!

Milton Nascimento e Fernando Brant, ambos de Minas, o estado do Boteco, disseram certa vez:
“Nada de novo existe neste planeta que não se fale aqui, na mesa de bar.”

5 comentários:

  1. Muito bom João. Muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  2. valeu joao,obrigado pelo carinho e confiança,seja sempre benvindo
    irma do lima com muito orgulho
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clarice, desculpa apenas responder hoje.

      Adorava o bar do lima, infelizmente ele teve que mudar mas estou louco para conhecer o novo.

      Manda um abraço pra ele.

      abraços

      Excluir
  3. Ae joao beleza? Conheci seu blog hj e fiquei muito contente em saber q os bares são do abc, conheco o douglas e era cliente fiel, porem como eles abriram um filial no aramaçan o bar foi abandonado, lá perto tem o bar do cabral e mais um na mesma rua q nao lembro o nome, eh muito legal lá. Parabens pelo site.

    ResponderExcluir